Patrocinado

Quais as competências e habilidades essenciais para o amanhã?

6 de novembro de 2019

O mundo está passando por um turbilhão de mudanças. Novas tecnologias, negócios e profissões s são criadas a cada dia. Essas transformações exigem o desenvolvimento de novas habilidades tanto nas relações profissionais como nas relações pessoais.

Flexibilidade cognitiva. Tomada de decisões. Inteligência emocional. Criatividade. Pensamento crítico. Todas essas características são citadas pela ONU como habilidades necessárias para ser bem-sucedido no futuro do trabalho.

Ante tantas possibilidades, é imprescindível ser adaptável aos tipos diferentes de pensamento emocional e cognitivo. Enxergar novos padrões e fazer relações entre diferentes ideias são bons exemplos de flexibilidade cognitiva, que cada vez mais se mostra necessária para solucionar qualquer tipo de problema que possa surgir.

Tomar decisões assertivamente também é importante. Assim como mostrar independência, assumir a proatividade e desenvolver uma visão estratégica. Cada vez mais serão necessários profissionais com essas competências para gerir MUNDO VUCA (acrônimo para volátil, incerto, complexo e ambíguo, no original em inglês).

Segundo o World Economic Forum (WEF), a inteligência emocional é uma habilidade social importante para gestores e líderes. Apesar da automação das funções, ter uma boa relação consigo mesmo e com as pessoas ao nosso redor é uma competência muito valorizada e que tende a ser objeto de desejo das empresas.

criatividade, juntamente com o pensamento crítico, forma uma dupla distinta. Em uma era dominada pelas predições de algoritmos e aprendizado de máquina, ter ideias “fora da caixa” e saber interpretar e usar estrategicamente os imensos volumes de dados estão no topo do arsenal de habilidades a serem desenvolvidas num futuro próximo.  

Assim, conhecimento e o aprendizado contínuo são mais importantes do que nunca. Saber quais competências desenvolver, em que áreas investir e qual o mindset para o sucesso é a chave para alcançá-los.

Mas por onde começar? Como saber qual conhecimento é essencial e qual deve ser descartado?

É importante enfatizar que os novos formatos, tanto de formação profissional como educacional, não abolem as práticas e os moldes já conhecidos. A tecnologia e o digital ampliam o alcance do que já existe e fornecem base para novas empreitadas em plataformas vindouras.

As escolas terão formato híbrido. Os professores passarão a ser mediadores do processo de aprendizagem. O avanço educacional já está em curso e promete mudar a forma como são moldados os profissionais do amanhã.

A Harvard Business Review Brasil realizará, em parceria com a Escola Concept, o “Education Forum – as competências e habilidades necessárias para o amanhã”. O evento é gratuito e terá 3 edições em diferentes cidades. Inscreva-se. Vagas limitadas. https://www.paginas.cc/concept-education-forum/

Compartilhe nas redes sociais!

replica rolex