Carreira

Como ser notado pelo chefe do seu chefe

Melissa Raffoni
13 de novembro de 2019

Você é brilhante. Tem ótimas ideias, insights e a ambição necessária. Mas não está tendo as chances que deseja e seu gestor não tem ajudado. Como ser notado pela liderança sênior sem passar por cima do seu chefe?

Leia também:

Como redirecionar a carreira depois de uma demissão

Os maiores obstáculos que os recém-formados enfrentam ao ingressar no mercado de trabalho

Para me ajudar a responder essa questão, lancei mão de dois dos meus clientes mais bem-sucedidos: Dave MacKeen, CEO do Grupo Eliassen, uma empresa de consultoria estratégica e fornecedora de soluções de talento com 21 escritórios nos Estados Unidos, e Chuck Cohen, Diretor Executivo da Benco Dental, a maior distribuidora de produtos odontológicos de propriedade privada dos EUA.

Chuck e Dave possuem décadas de experiência em liderança, durante as quais passaram em busca de “futuras estrelas” ou “altos potenciais”. Esses funcionários são frequentemente identificados como trabalhadores árduos e focados para fazer a diferença – não apenas com relação ao sucesso da empresa, mas também ao sucesso daqueles que os rodeiam. Eles vão muito além dos seus cargos e são notados porque demonstram potencial para fazer um excelente trabalho em um nível mais avançado.

Depois de juntos colocarmos a mente para funcionar , Chuck, Dave e eu chegamos em dez etapas que você pode percorrer para ser reconhecido pela liderança sênior como um desses funcionários. Se seguidas, essas ações podem ajudá-lo a crescer e seguir na direção de grandes oportunidades — sem ser um falastrão ou sem perturbar seu gestor direto.

Demonstre seu compromisso com seu crescimento e com a empresa. Uma maneira de demonstrar sua seriedade é investir tempo fora do escritório em habilidades de aprendizado que o ajudarão a crescer e contribuir com a empresa. Isso pode ser, por exemplo, fazer cursos que apoiam o trabalho que você está fazendo ou ler textos nas áreas que você deseja dominar. Por exemplo, se você deseja melhorar na estratégia de desenvolvimento, pergunte ao seu chefe (e ao chefe do seu chefe) se ele pode recomendar algum livro. Outra maneira de demonstrar comprometimento com o crescimento é dizer ao seu chefe que você está interessado em realizar projetos especiais, que ajudarão a empresa a atingir seus objetivos e fornecerão a você uma oportunidade de expansão.

Concentre-se no sucesso da equipe e não apenas no seu. Embora a voz da ambição possa estar lhe dizendo para se concentrar no seu próprio sucesso, a liderança sênior observa pessoas que atuam de forma colaborativa e apoia outras. Eles reconhecem que a maior oportunidade de sucesso está em uma equipe que está trabalhando bem e coesa. “É fácil perceber alguém que oferece seu tempo e conselhos para ajudar outras pessoas a serem bem-sucedidas”, diz Dave, “sejam elas subordinadas diretas ou colegas. Alguém que melhora as pessoas ao seu redor é inestimável”.

Conheça seus números e aproprie-se do seu trabalho. Qualquer que seja a sua participação na sua empresa, pequena ou grande, você deve conhecê-la por dentro e por fora e estar pronto para discutir as métricas de desempenho e análises de negócios mais importantes (receita, lucros e perdas etc.). Você deve ter uma boa ideia de onde está dentro da organização maior, especialmente nos momentos em que todos os olhos estão voltados para você —  como em apresentações, reuniões ou relatórios de projetos. Quando você consegue provar o valor de suas contribuições, poderá provar o destaque do seu valor como funcionário e membro da equipe. Pense nisso como uma oportunidade para mostrar aos líderes seniores por que eles devem prestar atenção em você. Mas lembre-se, isso também significa assumir toda a responsabilidade pelos seus erros. Adote uma mentalidade “sem desculpas”. Ao fazer isso, você exibe um nível de autoconsciência que é inerente a um grande líder.

Faça o que você disse que faria e faça-o bem. Depois de se comprometer com algo, comprometa-se em fazê-lo bem. Quando surgem oportunidades, os executivos estão procurando alguém com um bom histórico de realização de trabalho e obtenção de resultados positivos. Isso significa que seu nome precisa estar associado a um bom trabalho. Aqueles que podem assumir pequenos projetos e atingir sucesso, posteriormente são mais propensos a serem convidados a assumir projetos maiores.

Treine-se constantemente a pensar de forma estratégica. Pensar de forma estratégica é imperativo para a obtenção de funções com mais responsabilidade. Os melhores líderes sabem como equilibrar o trabalho “sobre” o negócio (estratégia) com o trabalho “dentro” do negócio (operações diárias). Ao trabalhar “sobre” o negócio, eles devem estar aptos a olhar além da sua lista de tarefas e pensar estrategicamente em quais  oportunidades  ajudarão a organização a alcançar maiores metas. Fazendo isso, você tem de ver o quadro maior, e manter essa perspectiva em mente ao tomar decisões. Essa é uma habilidade que nem sempre surge naturalmente. “Se você quiser ser bom como pensador estratégico”, afirma Chuck, “você terá de praticar. É como um músculo que precisa ser exercitado. Quanto mais você trabalhar nisso, melhor fica”.

Desafie os métodos antigos e encontre novas soluções. Você consegue ver uma abordagem diferente para um problema que sua empresa está enfrentando? Talvez uma maneira criativa para responder a um novo desafio? Se sua organização tem visão de futuro, todas as ideias devem ser bem-vindas, principalmente se você as apresentar com humildade e apreço pelos esforços anteriores. Da próxima vez em que você tiver uma solução inovadora para um problema difícil, compartilhe-a abertamente para mostrar sua contribuição. “Observo pessoas que desafiam o processo atual e comunicam as possibilidades de uma solução diferente”, diz Dave. “Na nossa organização, as pessoas se reúnem em torno desse tipo de pessoa. Oferecemos a essas pessoas mais responsabilidades. Elas não têm de pedir”.

Melhore de forma consistente suas habilidades de comunicação. Você não precisa ser a pessoa mais inteligente da sala, mas precisa ser ponderado durante suas interações com outras pessoas. Esteja você fazendo uma apresentação, trabalhando em um projeto de grupo ou tendo uma conversa difícil com seu chefe, é importante conhecer seu público e se preparar com antecedência para se comunicar com as pessoas. Cada pessoa e situação exigirão algo diferente de você, portanto, seja adaptável e saiba como se adaptar. Você talvez queira mostrar mais confiança durante uma apresentação, por exemplo, mas seja mais humilde quando estiver trabalhando com colegas. Talvez você queira abordar seu chefe com curiosidade sobre alguns cenários, mas em outros, aborde-o com dados para apoiar seu ponto de vista. É sempre uma boa ideia, no entanto, obter informações de outras pessoas e ter a certeza de que você entendeu claramente as expectativas do chefe.

Construa relações com pessoas em toda a empresa. Não se limite apenas ao seu departamento dentro da empresa. Busque oportunidades para se conectar e colaborar com outras pessoas importantes  na sua organização. Ao construir conexões, você expande sua rede de aliados e aumenta sua visibilidade e influência. “Grandes líderes não ficam esperando simplesmente serem solicitados, eles se colocam em posições e situações onde provavelmente serão solicitados”, observou Chuck. Quando você atua de forma colaborativa e em todas as funções, seu nome sempre aparecerá por todas as razões corretas.

Viva os valores e metas da organização. As organizações usam declarações de objetivos e valores para comunicar o que é e não é esperado dos funcionários. Os valores transmitem aquilo que uma organização busca não apenas de seus funcionários, mas de seus líderes também. Um forte líder conhece esses valores, vivencia-os e incentiva a sua manutenção por outros. “Uma pessoa não precisa ser a que mais vocaliza nem a que trabalha o maior número de horas para ser notada”, afirma Dave. “É a pessoa que demonstra os valores e ética da organização e vivencia o objetivo da empresa, inspirando as pessoas a segui-la”. A melhor maneira de demonstrar seu compromisso com o objetivo e valores da sua empresa é falar sobre eles. Nas reuniões, faça elogios a colegas cujas ações estão alinhadas com os valores da sua organização e, ao discutir seus próprios projetos, observe como eles refletem o objetivo principal da empresa. Ao fazer isso, você está dizendo aos outros “estou prestando atenção e observando quando realizamos um ótimo trabalho”.

Levante a mão. Não tenha medo de pedir chances para demonstrar suas habilidades e talentos. Embora certamente exista um caminho a ser percorrido até aqui – você não deseja pressionar demais ou fazer a mesma pergunta repetidamente – você deve demonstrar que a iniciativa é sempre uma coisa boa. Caso você perceba uma área onde acredita que possa ser um ativo para a empresa e que essa área apoia iniciativas estratégicas, peça para participar. Explique a razão pela qual acredita que você pode dar uma contribuição de valor, e o que você ganhará a partir dessa oportunidade. Afinal de contas, seu chefe e o chefe do seu chefe querem colocá-lo em um local onde você poderá oferecer o máximo de si. Por vezes você terá de identificar esse lugar e solicitá-lo.

Não existe caminho curto a percorrer para ser notado. E mesmo se você encontrar um, pode ser que não tenha o que precisa para realizar bem o trabalho se chegar lá cedo demais. No entanto, se você se concentrar nessas dez áreas-chave com dedicação, paciência e a aceitação de que uma carreira estelar leva algum tempo, você estará na direção certa e pronto para o que virá a seguir.

Melissa Raffoni é CEO da The Raffoni Group, uma empresa-butique de serviços profissionais que auxilia CEOs a realizar suas maiores ambições enquanto melhora a qualidade de vida pessoal e profissional deles.  Raffoni é reconhecida por sua liderança atenta nas áreas de eficácia, estratégia, execução, liderança e alinhamento organizacional do CEO.

Compartilhe nas redes sociais!

replica rolex