Gestão de pessoas

É bom ter harmonia na equipe — mas nem tanto

Adaptado do artigo “Excesso de harmonia em equipe pode aniquilar a criatividade”
22 de setembro de 2018
conflitos produtivos na equipe

É bom que as pessoas em sua equipe gostem umas das outras, mas harmonia demais pode diminuir a criatividade e inovação. É claro, você não quer que elas briguem, mas quando todos se dão bem o tempo inteiro, pode surgir um sentimento de complacência.

Para impedir que isso aconteça, encoraje conflitos produtivos — nos quais as pessoas expressam desacordos, negociam diferentes pontos de vista e trabalham sob uma certa pressão. Encoraje-as a falarem honestamente, mesmo quando for desconfortável. Se a equipe precisar de um empurrão, escolha uma ou duas pessoas para fazerem o papel de advogado do diabo, colocando diferentes pontos de vista na mesa.

Você também pode quebrar a complacência ao estabelecer objetivos ousados, mas alcançáveis. As pessoas tendem a executar melhor tarefas que são moderavelmente difíceis, então crie um pouco de tensão entre as habilidades que sua equipe possui e aquelas necessárias para a realização de determinada tarefa. Os projetos devem ser viáveis — mas está tudo bem se sua equipe tiver um pouco de dificuldade.

Adaptado de “Excesso de harmonia em equipe pode aniquilar a criatividade”, por Darko Lovric e Tomas Chamorro-Premuzic. 

Compartilhe nas redes sociais!