Dicas

Ajudando um funcionário que está lutando com a depressão pós-parto

Adapted from “What Managers Should Know About Postpartum Depression,” por Julia Beck
27 de novembro de 2018
depressão-pós-parto-é-um-mal-que-prejudica-os-novos-pais

Voltar ao trabalho é difícil para qualquer novo pai ou mãe, mas a transição é especialmente difícil para aqueles que sofrem de depressão pós-parto. (Lembre-se de que a depressão pós-parto afeta homens e mulheres.) Se você administrar alguém que teve um bebê recentemente, preste muita atenção ao que está fazendo – o conflito de um pai nem sempre é externalizado. Algumas pessoas podem tentar compensar trabalhando muito, enquanto outras podem mostrar uma perda de entusiasmo. Familiarize-se com os serviços que sua empresa oferece – que podem incluir grupos para pais que trabalham fora, cobertura de assistência médica para aconselhamento ou aulas de ioga ou meditação pós-natal – para que você possa ajudar seu funcionário a obter suporte. Ofereça opções como tempo flexível, trabalhar de casa, retorno gradual ou orientação por pares. Na verdade, é uma boa ideia disponibilizar essas informações a todos os membros da equipe para que o novo pai não se sinta excluído. Encontre maneiras de tornar o apoio aos funcionários e sua saúde mental parte de sua cultura.

 

Adaptado de “What Managers Should Know About Postpartum Depression”, por Julia Beck

Compartilhe nas redes sociais!