Na década de 1970, Ernesto Sirolli era um jovem italiano, estudante de ciências políticas, que estava em uma missão de ajudar as comunidades mais carentes na Zâmbia a desenvolver técnicas de agricultura. Ele e seus colegas encontraram um vale com terras extremamente férteis às margens de um rio em um povoado local e ensinaram para os nativos como plantar sementes de tomates e abobrinhas que eles haviam trazido da Itália.

Os jovens voluntários se sentiram muito úteis, pois em um país tão carente deixar de plantar em terras tão férteis lhes parecia um grande desperdício. Os dias foram passando e as “plantinhas” que gerariam os tomates e abobrinhas foram crescendo. Quando os primeiros tomates começaram a surgir os jovens voluntários sentiram uma enorme satisfação por estarem vendo resultados concretos dos seus esforços até que… em uma manhã ensolarada aproximadamente duzentos hipopótamos saíram do rio, invadiram a plantação e comeram e esmagaram tudo que viram pela frente.

Ernesto, se sentindo derrotado, aproximou-se de um dos nativos e perguntou por que eles não haviam contado para os voluntários a respeito dos hipopótamos. O nativo olhou bem para ele e disse: “Vocês nunca perguntaram!”. A partir desse dia o Dr. Ernest Sirolli passou a entender que antes de tentar ajudar alguém a se desenvolver é necessário primeiro escutar essa pessoa e posteriormente fundou o Sirolli Institute – Enterprise Facilitation que tem ajudado milhares de empreendedores ao redor do mundo a desenvolver seus negócios a partir de suas próprias perspectivas. Em suas próprias palavras, explicando o enorme sucesso de sua organização sem fins fins lucrativos, ele diz: “We just shut up and listen” (“Nós apenas nos calamos e ouvimos”)

A estória contada acima reflete uma carência enorme que se encontra em muitos aspirantes a líderes: a capacidade de ouvir antes de falar. Quantas vezes você já presenciou um executivo em uma posição de liderança tomar decisões sem ao menos sequer ouvir seus subordinados, colegas ou seus clientes? Como já dizia um provérbio chinês: sábio é aquele que ouve, não aquele que fala. Portanto para aprimorar suas habilidades de liderança, pelo menos de vez em quando empregue esse simples exercício: “Shut up and listen!

 

*Renato Grinberg é especialista em liderança, desenvolvimento profissional, gestão de empresas e autor do best-seller de carreira/negócios “A estratégia do olho de tigre”. É formado em música pela FAAM, tem pós-graduação em Marketing pela University of California Los Angeles (UCLA), MBA pela University of Southern California (USC) e cursou Melhores Práticas em Liderança na Harvard Business School. Trabalhou em grandes multinacionais como a Sony Pictures e Warner Bros. e também foi presidente da Trabalhando.com Brasil. Atualmente é CEO da Currículo Autêntico, professor de liderança no MBA da HSM Educação e colunista do site da Harvard Business Review Brasil.

 

 

Share with your friends









Submit