“Projetos zumbis” são aqueles que falham em cumprir sua proposta inicial e mesmo assim continuam a se arrastar e a sugar recursos. Eles existem porque  dispensar um projeto pode ser muito emocional, e as pessoas eventualmente demoram a acreditar que alguma coisa simplesmente não funciona. Para fazer com que as pessoas encarem esse processo de forma mais racional, crie convenções simples e claras para quando se deve continuar – ou interromper – um projeto. Considere essas questões: O mercado precisa mesmo disso? Podemos suprir essa necessidade de uma forma melhor do que nossos concorrentes? Somos capazes de atingir nossos objetivos financeiros? Se ainda assim for difícil tomar uma decisão definitiva, leve a questão a pessoas “exteriores”, como por exemplo, alguém com uma visão diferente ou mesmo de fora da empresa, para que ela pondere sobre. Você também pode ajudar as pessoas a aceitar o encerramento de um projeto ao destacar as lições que foram aprendidsa no caminho. Valhe a pena analisá-las e ver o que pode ser extraído e compartilhado.
 

Adaptado de “Zombie Projects: How to Find Them and Kill Them,” por Scott Anthony, David Duncan e Pontus M.A. Siren.

Share with your friends









Submit