Alguns acreditam que para ser um bom ouvinte é preciso sentar-se em silêncio, balançar a cabeça, fazer contato visual e, quando o outro terminar de falar, parafrasear o que foi ouvido. Mas essas são as coisas que apenas fazem o outro sentir que você o escutou. Os ótimos ouvintes vão mais fundo tentando entender a essência do que o outro quis dizer. Para fazer isso, é necessário fazer perguntas para esclarecer o seu entendimento e incentivar o interlocutor a articular melhor sua posição, examinar as próprias opiniões e ver o problema por outro ângulo. Você também deve sempre buscar a empatia e esforçar-se para certifica-lo de que suas emoções são válidas. Uma vez que você tenha certeza de que a outra pessoa sente-se apoiada, você pode oferecer seu ponto de vista e outras ideias sobre o assunto que possam ser úteis para ela. Mas fique atento para não usurpar a conversa e transformá-la em um debate sobre você e seus problemas.

Adaptado de “What Great Listeners Actually Do”, por Jack Zenger e Joseph Folkman

Share with your friends









Submit