Nós tendemos a gastar mais energia do que temos tentando atingir objetivos demais. Com tantas prioridades competindo entre si, fica fácil perceber porquê coisas significantes — como escrever um livro — acabam ficando em segundo plano, já que pode-se atingir a satisfação imediata com “mandar e-mail para Ana” ou “editar a apresentação de slides”. Para mitigar este problema, se permita criar somente dois grandes objetivos para os próximos seis meses. Devem ser metas grandes, que cruzam sua mente há muito tempo mas nunca foram atingidas. Os objetivos menores podem servir como alicerces para os principais — mas não deixe isso limitar sua visão. Esteja preparado para questionar suas premissas regularmente e reavaliar suas metas se necessário. Com somente dois focos, você se poderá ter certeza de que está perseguindo as coisas certas.

Adaptado do artigo “Don’t Set Too Many Goals for Yourself”, de Dorie Clark.

Share with your friends









Submit