Feedback

Use feedback negativo como uma oportunidade de autorreflexão

Adaptado do artigo “The right way to respond to negative feedback”
25 de agosto de 2018
como aproveitar feedback negativo

Feedback negativo é duro de ser ouvido, mas não precisa ser devastador. Quando seu gestor ou colega apontar algo que você precisa melhorar, pense antes de agir. Mesmo se o comentário o chatear ou surpreender, lembre-se de que é uma informação útil.

Uma maneira simples e efetiva de considerar o que você ouviu é colocando seus sentimentos em palavras. Por exemplo, após uma avaliação de desempenho crítica, você pode dizer a si mesmo: “Eu sinto que fui pego(a) de surpresa e tenho um pouco de medo”. Nomear suas emoções pode impedi-las de inviabilizar sua habilidade de agir em relação ao feedback.

Então, pergunte a algumas fontes confiáveis se elas concordam com o que seu gestor ou colega disse. Pode ser difícil tomar conhecimento da maneira como os outros nos enxergam, então saber ouvir pontos de vista pode ajudar você a entender a impressão que passa aos outros. Isso também vai prevenir você de corrigir suas atitudes baseando-se apenas na opinião de uma pessoa — e, afinal, é isto que o feedback algumas vezes é.

Adaptado de “The right way to respond to negative feedback”, por Tasha Eurich.

Compartilhe nas redes sociais!