Existe um erro conceitual muito comum: o desenvolvimento pessoal precisa acontecer… individualmente. Nada pode estar mais afastado da verdade. Apesar da nossa noção cultural de “auto” desenvolvimento, os esforços mais bem sucedidos para o desenvolvimento pessoal têm outras pessoas em seu cerne. Se seu objetivo é otimizar uma habilidade ou se livrar de um mau hábito, busque uma pessoa (tanto dentro quanto fora da organização) que procura o mesmo e reúna-se com ela regularmente. Vocês podem, juntos, ingressar em grupos de discussões, comunidades online ou cursos. Por meio da troca de empatia e histórias de sucesso, vocês podem construir a confiança e o comprometimento necessários para enfrentar contratempos e acelerar a adoção de novos comportamentos. Ainda mais importante, vocês podem desenvolver um senso de propriedade sobre o sucesso um do outro e criar um momentum para a mudança. Adaptado do artigo “Why Self-Improvement Should Be a Group Activity”, de Ron Carucci.

Share with your friends









Submit