Políticos populistas atacam imigrantes como se fossem uma ameaça à economia dos EUA, mas novas pesquisas mostram que os trabalhadores nascidos no exterior dão uma colaboração importante para a criação de novas empresas. Embora os imigrantes representem apenas 15% da força de trabalho, representam 27% dos empreendedores — um número que tem aumentado acentuadamente desde meados da década de 1990. Embora as start-ups de imigrantes fracassem mais rapidamente que aquelas fundadas por nativos, as que sobrevivem contribuem para o rápido aumento dos índices de emprego e da folha de pagamento. Por que empresários estrangeiros são tão bem-sucedidos? Os pesquisadores dizem que possíveis fatores incluem alta tolerância ao risco, o setor e os cenários geográficos em que os imigrantes empreendem e as habilidades e redes sociais étnicas necessárias para navegar nesses cenários.

Share with your friends









Submit